ELETRI CAR

ELETRI CAR

DIANA, SACOLÃO NEIDE E FILHO

DIANA, SACOLÃO NEIDE E FILHO

SKEMA 10 NO CLUBE CAJUEIRO

SKEMA 10 NO CLUBE CAJUEIRO

BOI NÃO BERRA WAGNER SANTOS

BOI NÃO BERRA WAGNER SANTOS

BALNEÁRIO PIRAPORA

BALNEÁRIO PIRAPORA

domingo, 25 de junho de 2017

HOJE TEM UMA SUPER TARDE DE LAZER NO BALNEÁRIO PIRAPORA, ENTRADA GRÁTIS


MARCUS E ROGÉRIO DERAM UM VERDADEIRO SHOW NA PIZZARIA APETITTUS

























Na noite deste sábado 24 de junho foi realizado um grande show acústico na PIZZARIA E PASTELARIA APETITTUS, MARCUS E ROGÉRIO deram um verdadeiro show de repertório, qualidade musical e simpatia. uma noite pra lá de animada e de muita gente bacana.Confira as fotos. 

sábado, 24 de junho de 2017

FOI INAUGURADA NESTE SÁBADO A.K COSMÉTICOS










Foi inaugurada neste sábado 24 de Junho a Loja A.K COSMÉTICOS onde você vai encontrar produtos incríveis para sua beleza e com preços especiais, trabalhando com produtos FOREVER LISS, HASKELL, SALON LINE, HINODE, MAQUIAGENS, UNHAS  E DEPILAÇÃO EM GERAL, Faça uma visita e confira as novidades da A.K COSMÉTICOS, localizada na Avenida Raimundo Alves Pereira próximo ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais, onde funcionou a lojinha do Bebê, bem no centro de Cocal. Fone para contato 9-9913-2186. PARTICIPE DA PROMOÇÃO DE INAUGURAÇÃO, nas compras a partir de 50 Reais você concorre ao sorteio de uma cesta repleta de produtos, válida até 29 de Julho. 

É HOJE GRANDE SHOW DE MARCUS E ROGÉRIO NA PIZZARIA A PETITTUS


É HOJE REINAUGURAÇÃO DO ARENA SHOW COM FORRÓ CAMALEÃO


quarta-feira, 21 de junho de 2017

Ex-prefeito e empresário são presos por desvio de dinheiro público em operação da PF

A ação da Polícia Federal deflagrada no Piauí foi batizada como Operação Pastor.

A Polícia Federal no Piauí deflagrou nas primeiras horas desta quarta-feira (21) a Operação Pastor. A ação policial tem como objetivo investigar o desvio de recursos públicos nos municípios de São Raimundo Nonato e Dom Inocêncio, localizados na região Sudeste do Piauí. Até o momento, foram confirmadas as prisões do ex-prefeito de Dom Inocêncio, Inocêncio Leal, e o empresário Décio de Castro Macêdo, de São Raimundo Nonato.

A Operação Pastor está sendo coordenada pelo delegado Albert Moura, que acompanha os cumprimentos de mandados de prisão e mandados de buscas e apreensões nas duas cidades. De acordo com o delegado, às10h30min a Polícia Federal vai divulgar mais informações sobre a operação em uma entrevista coletiva.

Delegada Larissa Magalhães e delegado Albert Moura / Foto: Thais Souza/ GP1
A Polícia Federal divulgou uma nota à imprensa.

Confira a nota na íntegra.

A Polícia Federal no Estado do Piauí comunica que na manhã de hoje (21/06) foi deflagrada a Operação PASTOR para fazer cessar ação de grupo criminoso atuante nos municípios de São Raimundo Nonato, Dom Inocêncio e Teresina. Os trabalhos estão sendo realizados conjuntamente com a Controladoria Geral da União (CGU).

O grupo criminoso é investigado pela prática de desvio-peculato, fraudes licitatórias, corrupção ativa, e corrupção passiva. Foram desviados recursos do Ministério da Educação, Codevasf e Funasa. O prejuízo apurado até o momento ultrapassa o montante de R$ 5 milhões.

Estão sendo cumpridos mandados de prisão, de conduções coercitivas, e de buscas e apreensão, expedidos pelo Meritíssimo Juiz Titular da Subseção Judiciária Federal em São Raimundo Nonato-PI, para execução nos municípios de Teresina, São Raimundo Nonato, Dom Inocêncio, e no Distrito Federal.

Maiores informações serão dadas em entrevista coletiva marcada para as 10:30 horas na sede da Polícia Federal em Teresina-PI.

Edição: Frank Cardoso (Portal Boca do Povo)
Fonte: GP1

MPF/PI obtém condenação de ex-prefeito de Jurema

O Ministério Público Federal no Piauí (MPF/PI) obteve na 3ª Vara da Justiça Federal a condenação do ex-prefeito de Jurema (PI) Auricélio Ribeiro, por delitos praticados durante seu mandato. O ex-gestor recebeu da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), por meio de convênio, o valor de quase R$ 150mil e deixou de prestar contas dos recursos recebidos. A ação penal foi ajuizada pelo procurador da República Marco Túlio Lustosa Caminha.
O MPF apontou também que Auricélio Ribeiro falsificou a assinatura de Aurizolan Dias de Oliveira - prefeito do município em 2005 - na prestação de contas, e a enviou ao Ministério da Saúde, em abril daquele ano.
A 3ª Vara Federal condenou o ex-prefeito de Jurema Auricélio Ribeiro a dois anos e três meses de reclusão em regime aberto e ao pagamento de multa de R$ 10.000,00 ao fundo penitenciário (art. 49 do CP).

Convênio - O ex-gestor recebeu da Funasa, por meio do Convênio nº 123/2001 de 8 de dezembro de 2001, a importância de R$ 149.835,00, e deixou de prestar contas, no devido tempo (até 21 de julho de 2003), dos recursos recebidos. 

A pena privativa de liberdade foi substituída por uma pena restritiva de direito de prestação pecuniária no valor de dez salários-mínimos vigentes em 2005, atualizados, e destinados à instituição oportunamente designada; e uma pena restritiva de direitos, consistente na prestação de serviços à comunidade ou à entidade pública, a ser fixada quando da execução do julgado.

Ao réu foi dado o direito de recorrer em liberdade.

Ação Penal - Processo nº 908-32.2014.4.01.4000.

Confira a sentença na íntegra aqui
Fonte: redacao@clubesat.com 
Publicado por: Redação 


Comissão do Senado rejeita projeto de Reforma Trabalhista

Depois de apelos do senador Paulo Paim (PT-RS), os integrantes da Comissão de Assuntos Sociais (CAS), numa reviravolta que surpreendeu os governistas, rejeitaram por 10 votos contrários e 9 favoráveis o relatório ao projeto da reforma trabalhista (PLC 38/2017). O parecer aprovado pela comissão, nesta terça-feira (20), foi o voto em separado do senador petista e que pede a rejeição integral do texto. A matéria agora segue para Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), e já na quarta-feira (21), deverá ser lido o relatório de Romero Jucá (PMDB-RR) e os prováveis votos em separado da oposição.
Com críticas ao projeto, Paulo Paim afirmou que o texto é uma “traição ao povo brasileiro”, pois o governo tenta “vender o céu” com uma proposta que não vai gerar emprego nem aumentar as contratações formais e só vai beneficiar o grande empregador.
"Essa reforma é um cavalo de troia sim, bonito por fora e por dentro tem uma bomba que vai explodir com a vida do povo brasileiro. Faço um apelo aos senadores e senadoras, com todo o carinho que tenho por cada um deles, vamos rejeitar esse projeto aqui, é a única forma de conseguir um acordo. Rejeita aqui, ele vai para a CCJ e lá poderemos construir um acordo que evite tudo que dissemos aqui", disse.
Paim afirmou que o Brasil inteiro está contra o projeto, que só retira direitos e torna mais precárias as relações trabalhistas, prejudicando a parte mais fraca, o empregado. Ele criticou a postura do relator, Ricardo Ferraço (PSDB-ES), de não usar a prerrogativa revisora do Senado para alterar a proposta e de votar o texto de forma açodada.
"Vocês sabem disso, é só olhar as redes sociais, ninguém está entendendo essa loucura. O Senado está abrindo mão de seu direito de legislar. Não tem mais razão de viver e existir o Senado, se isso for aprovado dessa forma. O Senado não pode ser uma Casa que só ficar carimbando, carimbando. O Senado tem obrigação pela seriedade e responsabilidade desse momento da história de votar com alma, coração, fibra, lágrimas se for preciso, mas votar pelo povo brasileiro, e não contra ele", defendeu.
O discurso surtiu efeito, já que a base governista perdeu três votos: o senador Otto Alencar (PSD-BA), contrário à reforma, votou como suplente de Sérgio Petecão (PSD-AC), que estava ausente. Helio José (PMDB-DF) e Eduardo Amorim (PSDB-SE) foram os outros dois votantes que garantiram a rejeição do texto. O placar esperado pelo governo era de 11 votos favoráveis e 9 contrários, segundo o líder do governo, senador Romero Jucá (PMDB-RR).  Ele já anunciou que manterá na CCJ o relatório anteriormente aprovado na CAE.
Fonte: Redação 
Publicado por: Senador http://clubesat.com/


terça-feira, 20 de junho de 2017

Últimos dias para recadastramento biométrico em 40 cidades do Piauí INCLUINDO COCAL E COCAL DOS ALVES

Os eleitores de 40 municípios piauienses, localizados no Norte do estado e no médio Parnaíba, deverão comparecer até o dia 3 de julho próximo ao cartório eleitoral ou ao posto de atendimento para realizarem o recadastramento biométrico.
O eleitor que não comparecer terá o título eleitoral cancelado.
Para realizar o recadastramento biométrico o eleitor deve levar o título eleitoral e os originais e cópias de documento de identidade com foto e do comprovante de endereço.
 Veja abaixo a relação dos municípios:
- Cocal
- Cocal dos Alves
- Capitão de Campos
- Cocal de Telha
- Boqueirão do Piauí
- Demerval Lobão
- Lagoa do Piauí
- Matias Olímpio
- São João do Arraial  
- Joaquim Pires
- Murici dos Portelas  
- Porto
- Campo Largo do Piauí  
- Nossa Senhora dos Remédios
- Monsenhor Gil
- Curralinhos
- Miguel Leão
- Angical do Piauí
- Jardim do Mulato  
- São Pedro do Piauí
- Agricolândia
- Água Branca
- Barro Duro
- Lagoinha do Piauí
- Passagem Franca do Piauí
- Olho D’água do Piauí
- Hugo Napoleão
- São Gonçalo do Piauí
- Santo Antônio dos Milagres  
- Francinópolis
- Beneditinos
- São Félix do Piauí
- São Miguel da Baixa Grande
- Prata do Piauí
- Santa Cruz dos Milagres
- Arraial
- Francisco Ayres
- Várzea Grande
- Tanque do Piauí
- Barra D’Alcântara
Fonte: Redação 
Publicado por: Redação 
http://clubesat.com/

segunda-feira, 19 de junho de 2017

TRE-PI cassa mandato do prefeito em exercício de Miguel Leão

  • b92f8b97-4431-4576-a979-81b5c4496c0e.jpgRoberta Aline/Cidade Verde.com
  • 7ff54c01-800c-4cf6-80b1-b8fbf90031d3.jpgRoberta Aline/Cidade Verde.com
  • 961d65cb-f404-4fda-b0b8-8fd24d18858f.jpgRoberta Aline/Cidade Verde.com
  • 2972bdc8-d267-4bd4-966e-d49d8b6f973a.jpgRoberta Aline/Cidade Verde.com
  • aba9ade1-30a8-4047-bda3-ea6622a8fab9.jpgRoberta Aline/Cidade Verde.com
O presidente da Câmara Municipal de Miguel Leão (a 88 km de Teresina) teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Piauí, nesta segunda-feira (19). Antônio José de Abreu (PT) estava ocupando o cargo de prefeito em exercício, em virtude da cassação do prefeito eleito em 2016, Joel de Lima (PSD). 


Dos nove vereadores da cidade, outros dois parlamentes também foram cassados hoje pelo Tribunal; Manoel de Lira (PT) e Cleison Sousa (PSD). 
Antônio José de Abreu afirmou que vai recorrer da decisão. "Primeiro eu vou recorrer ao TRE, através dos embargos declaratórios e se for o caso vou recorrer ao TSE também", destacou. 
Quem assume no lugar de Antônio José é o vice-presidente Renê de Sousa (PSD) e as novas eleições foram marcadas para o dia 6 de agosto. 
Os vereadores foram cassados por terem cometido crimes eleitorais, dentre eles principalmente a participação em solenidades de inauguração em período de campanha eleitoral.

Flash Lyza Freitas
redacao@cidadeverde.com